24 de nov de 2011

Noite chata

Bem, hoje não tava com muita animação não. Aí eu vi, um tubinho de aquarela no chão e pensei: "É um sinal... de que perdi tinta", fui procurar os outros tubinhos e no fim achei todos e resolvi pintar. Aí pensei em seguinda "O quê?" e logo depois "Tô com fome". Então, me lembrei que o Professor falou do meu problema com composição, que eu não faço, e jogo um fundo pop (pop = "nada a ver", "jogar" qualquer tinta no fundo) no desenho. Bem, ele tem razão. Então fui caçar pela casa coisas legais, peguei o amplificadorzinho do meu irmão e o manjado all star e tentei pintar. A composição foi esta:
Não sei nem se isso é composição direito, mas continuei.

Tenho que comentar: ALL STAR VELHÃO. Ainda fiquei com receio de pôr ele em cima da prancheta, porque eu não me lembrava se já tinha pisado em fezes na rua com ele. Ê TÁ BOM, nojento isso. O desenho ficou assim:

Descobri muitas coisas com esse experimento: 1. NÃO SEI PINTAR. 2. Não aparece no desenho direito, mas dava pra ver luz na sombra, bizarro e legal. 3.Que a perspectiva é difícil, acho que errei total aí, já não bastasse que ela começa com coisas invisíveis como ponto de fuga. 4. Queria saber perspectiva. 5.Me dá agonia coisas sem contorno, por isso eu passo o nanquim e tira todo o toque legal que a aquarela dá - mas, me dá agonia. 6. Tenho que aprender a controlar a água (que nem naquele desenho Avatar, não os bichos azuis ê), em excesso, o acúmulo de poças prejudica toda a tinta. 7. O papel absorve a tinta e ela sempre perde um pouco a cor de quando você pintou. 8. Não consigo lembrar de mais nada.
MAS É ISSO AÍ.

2 comentários:

  1. Ao invés de contornar com nanquim, tu já tentou pintar com uma tonalidade mais escura da cor nas bordas, e, quem sabe depois, com um pincel fininho passar uma aquarela preta?

    Ah, e é o mesmo amplificadorzinho do Yudae.

    ResponderExcluir
  2. Mas se a idéia é não contornar, não dá no mesmo? Sei lá, e o nanquim é finiiiiiinho. Tá bom, é só desculpa pra usar o bico de pena

    ResponderExcluir